Qual a diferença entre a gestão de pessoas em pequenas e grandes empresas?

Além das diferenças básicas entre grandes e pequenas empresas, como o número de empregados, os benefícios oferecidos e outros, é no departamento de gestão de pessoas que vemos as principais variações. Os colaboradores são, em uma empresa, o centro de tudo, seja qual for seu tamanho. Afinal, são eles os responsáveis por fazer com que a organização avance e se destaque no mercado.

As práticas em si continuam sendo as mesmas, porém, muitos especialistas em Recursos Humanos concordam que, no caso de uma microempresa, as responsabilidades são muito mais fáceis de cumprir, graças ao número reduzido de empregados. O respeito, a motivação e o apreço são elementos que não podem faltar nunca, e quando combinados com uma forte estrutura dentro da área de gestão de pessoas, a qual deve fazer parte da empresa desde seu começo, os resultados são ainda melhores. Esses resultados são refletidos na satisfação que o funcionário sente ao trabalhar, sua produtividade e dedicação.

Já nas grandes empresas, há um número muito maior de empregados com os quais se deve lidar, e isso pode significar em muitos casos que os processos são mais demorados e não é possível dar toda a atenção necessária às pessoas. É importante ficar atento para que o fato de ser uma grande equipe não interfira nas funções básicas dos Recursos Humanos, como a motivação e as outras já mencionadas. Pelo contrário, por ser uma empresa maior, ela tem mais recursos e tempo para investir em práticas para o aumentar o engajamento dos funcionários, como treinamentos.

Semelhanças na gestão de pessoas

Ao final do dia, seja em uma micro ou macro empresa, ambos os setores de gestão de pessoas têm responsabilidades semelhantes, como:

  • saber lidar com diversas tarefas ao mesmo tempo;
  • oferecer benefícios atrativos aos funcionários (seja em forma de dinheiro ou algum outro incentivo);
  • manter o setor atualizado e acompanhar as tendências no mundo tecnológico;
  • dar feedbacks construtivos nas avaliações de desempenho;
  • investir no treinamento e desenvolvimento dos empregados.

A importância da tecnologia

Você provavelmente questionou o ponto mencionado acima sobre o acompanhamento das tendências tecnológicas e a relevância disso na área de gestão de pessoas. No fim de contas, é um setor que lida com pessoas e não máquinas, não é? Pois bem, hoje em dia, os profissionais que trabalham com RH devem ter como uma das principais qualidades a capacidade de fazer multitasking, ou seja, de realizar diversas atividades simultaneamente. Entre avaliações, recrutamentos, relatórios e cálculos, fica difícil ter todos os dados organizados. É aqui onde entra nosso software de gestão de RH, Cezanne OnDemand.

O sistema oferece uma série de ferramentas que auxiliam nas tarefas do dia a dia, desde armazenamento de documentos e informações até a criação de organogramas e indicadores. Para conhecer mais, solicite uma demonstração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solicitar uma demonstração

Por favor, preencha o formulário que se segue para solicitar uma demonstração ao vivo do sistema.

Não fazemos mau uso dos seus dados pessoais. Leia a nossa Declaração de Privacidade para mais informação.