Que perguntas fazer durante as entrevistas de avaliação na empresa?

A maioria das organizações que realizam um processo estruturado de avaliação para colaboradores passou de um sistema de avaliação anual para uma abordagem mais periódica, que envolve várias entrevistas entre gerentes e funcionários durante o decorrer do ano. Muitas vezes, trata-se de check-ins informais, para discutir abertamente o progresso das atividades e o andamento dos objetivos estabelecidos. Os benefícios comparados a uma única reunião anual são significativos, tanto em termos de bem-estar dos funcionários quanto de crescimento do negócio: os colaboradores tornam-se mais motivados e envolvidos, sabendo que poderão lidar periodicamente com a gerência em seu trabalho.

Vector of hands holding letters that spell Check-in

Imaginando que você deseja avançar para esse tipo de abordagem, há algumas regras básicas a serem lembradas ao planejar a entrevista e perguntas a serem feitas ao funcionário:

  • Lembre-se do objetivo da entrevista e verifique se as perguntas são relevantes.
  • Prefira perguntas abertas que incentivem o diálogo. Perguntas que exigem apenas um sim ou não como resposta não facilitam a conversa.
  • Certifique-se que as perguntas sejam claras e concisas: perguntas ambíguas fornecerão respostas igualmente ambíguas.

A qualidade das entrevistas de avaliação depende das perguntas que você faz, da forma que as pergunta, de suas reações às respostas recebidas e do modo como você organiza a reunião. Isso faz a diferença entre um verdadeiro líder e um gerente frustrante.

Obviamente, cada entrevista e, portanto, as perguntas a serem feitas, devem ser configuradas com base no colaborador à sua frente, em suas responsabilidades e em sua posição na organização. Mas existem algumas perguntas específicas que você deve incluir em suas reuniões, pertinentes a três áreas principais: construção de relacionamentos, prioridades a curto prazo e metas a longo prazo.

Construção do relacionamento

Mesmo que faça parte de um processo estruturado de avaliação de desempenho, as entrevistas de check-in funcionam melhor se o tom usado for informal e de apoio; os funcionários não devem sentir-se julgados, pois são momentos que oferecem aos gerentes a oportunidade de construir e manter um relacionamento produtivo com a equipa. Por esse motivo, é proveitoso fazer algumas perguntas que não estão estritamente relacionadas ao trabalho ou ao desempenho, mas que ajudam a relaxar o tom da conversa.

  1.  Como você está?
  2. Passou bem o final de semana?
  3. Você foi / você fez …? (O ideal é referir-se a algum programa de lazer que lhe foi dito na entrevista anterior).

Prioridades a curto prazo

Essas perguntas concentram-se no aqui e agora; como as entrevistas ocorrem com frequência (semanal ou mensal), é importante verificar o que aconteceu desde a última reunião e se novos problemas surgiram.

  1.  No que você está trabalhando desde a nossa última conversa?
  2. Você alcançou seus objetivos?
  3. Você encontrou alguma dificuldade?
  4.  Existe algo que eu possa fazer para ajudá-lo?
  5.  Quais são seus objetivos entre agora e a próxima reunião?
  6.  Você acha que esses objetivos são apropriados?
  7.  Você acha que precisa de mais suporte ou treinamento?
  8. Existe algo que o coloca em problemas ou causa preocupação?

Objetivos a longo prazo

O planejamento a longo prazo é essencial para o futuro bem-estar da organização, a retenção e envolvimento dos funcionários. Por isso a importância dos gerentes captarem as motivações e ambições das pessoas que trabalham com eles e como se encaixam na estratégia de crescimento corporativo. Embora você não faça essas perguntas a cada check-in com os funcionários, é importante que essas questões sejam discutidas regularmente e que as informações sejam compartilhadas internamente, de modo a influenciar as discussões sobre planos e desenvolvimentos de carreira.

  1. Com base em seus planos de negócios, que futuro você vê para sua carreira?
  2. Existem objetivos específicos que você gostaria de alcançar nos próximos anos?
  3. O que você está fazendo para alcançar seus objetivos?
  4. Como você acha que a empresa pode ajudá-lo a alcançar seus objetivos?
  5. O que posso fazer para apoiá-lo no seu desenvolvimento profissional?

O bom andamento de suas entrevistas depende das perguntas que você fizer, da qualidade das conversas e de como acompanhará o que foi acordado. Com check-ins frequentes, metas definidas e decisões compartilhadas, é essencial estar equipado com as ferramentas necessárias para administrar todos os dados coletados. Sem uma ferramenta apropriada, é praticamente impossível acompanhar o que é discutido e compartilhado.

Software de avaliação de desempenho, como o Cezanne HR, possui recursos flexíveis e fáceis de usar que ajudarão você a tirar o máximo proveito das entrevistas de avaliação. Flexível desde sua criação para adaptar-se às necessidades de cada empresa; fornece um fórum de colaboração on-line, onde funcionários e gerentes podem solicitar feedback com facilidade e segurança, registar o que foi acordado durante a fase da entrevista, propor objetivos e acompanhar seu progresso.

Se quiser saber mais, por favor, entre em contato conosco

Inscreva-se na nossa Newsletter

Subscreva-se Agora