Erros em software de gestão de RH que devem ser evitados

A tecnologia está ao lado das empresas, isso nós já sabemos e já discutimos muito por aqui. Mas também é importante entender que a tecnologia precisa ser analisada e avaliada antes de ser aplicada ao seu setor. Isso acontece porque muitas áreas precisam de especificidades e segurança.

O software de gestão de RH é uma importante ferramenta na rotina do departamento e, sem dúvidas, precisa ser considerado como solução eficiente na melhoria do funcionamento da empresa, além de aumentar a produtividade e otimização das tarefas.

Entre as principais funções encontradas em um bom software de gestão de RH estão processamento de faltas, gestão de férias e processo de contratação e demissão. Todas essas funcionalidades e muito mais irá encontrar de forma automatizada neste programa. A vantagem de ter estes processos na palma das mãos é o aumento da velocidade nas respostas e assertividade de dados e gráficos.

Mas é importante também pensar no outro lado. O investimento em um software deste porte é importante para a empresa, mas para que ele tenha um retorno garantido, os erros precisam ser evitados. Isto pode ser resolvido com um período de testes e uma equipa de suporte de qualidade, como oferecemos cá na Cezanne. Agora, nós vamos apresentar alguns dos principais erros a que precisamos ficar atentos.

Custo x benefício

Muita gente pensa apenas no valor a ser investido, mas esquece que é preciso analisar não só o valor pago, mas também as funcionalidades, a assistência, adaptação às necessidades e o feedback dos profissionais que estarão envolvidos diretamente com seu uso. Muitas vezes, o custo baixo não representa a melhor opção, é preciso buscar por um custo x benefício.

Sistemas gerais

É importante buscar um software de gestão para o setor de RH. Isso é necessário, pois ele terá funcionalidades específicas para a área, com rotinas e aplicações utilizadas pelos profissionais de Recursos Humanos. Neste caso, ao adquirir um sistema genérico de administração, a área poderá, até mesmo, perder produtividade, pois precisará adaptar processos ao sistema que não comporta suas necessidades diárias e reais.

Falta de Flexibilidade

Cada empresa possui uma rotina e uma necessidade diferente. Ao escolher um software de gestão para o Recursos Humanos, é importante pensar que pode-se adaptar seu uso de acordo com a empresa. Os melhores programas da área possuem espaço para essas modificações, e, com uma assistência de qualidade e disponível, cada vez mais, o software estará adequado ao setor responsável pelo uso.

Falta de suporte legal

Vosso software precisa estar de acordo com as leis vigentes no vosso país. Isso é imprescindível, pois ele será responsável por cálculos de salário, de férias, de faltas e até mesmo de contratação e demissão. Para ter certeza que toda a automatização será feita de acordo com a leis vigentes, procure saber se o programa que pretende escolher atende esta demanda.

Pesquisa de mercado

Por fim, mas não menos importante, é relevante analisar o mercado e os produtos disponíveis para fazer a escolha certa. Antes de decidir pelo primeiro que aparecer, pesquise internamente as reais necessidades da empresa e do setor e verifique se o software escolhido atende ao que precisa. Além disso, escolha por um que permita um período de testes e que tenha opções de adaptabilidade.

Agora que já sabe alguns erros recorrentes na escolha do software de gestão de RH, está pronto para escolher o que melhor vai se adequar ao vosso dia a dia. Entre em contato conosco e agende uma demonstração com a nossa equipa para conhecer melhor o que temos a oferecer.

Inscreva-se na nossa Newsletter

Não fazemos mau uso dos seus dados pessoais. Leia a nossa Declaração de Privacidade para mais informação.